background

Notícias Contábeis

Fique por dentro das novidades da área contábil.

11/09/2020 Seguro-desemprego: Cai número de pedidos em agosto

A Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia divulgou um levantamento sobre os pedidos de seguro-desemprego no Brasil apontando que, no mês de agosto de 2020, foram contabilizados 463.835 requerimentos na modalidade trabalhador formal.

Com isso, o mês de agosto apresentou uma queda 18,2% na comparação com o mesmo mês do ano passado, em que foram contabilizados 567.069 requerimentos.

Os dados do levantamento consideram os atendimentos presenciais nas unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e das Superintendências Regionais do Trabalho – e os requerimentos virtuais.

Via web, seja por meio do portal gov.br, seja por meio da Carteira de Trabalho Digital, foram contabilizados 297.188 (64,1%) pedidos. Os três estados com maior número de requerimentos foram São Paulo (138.397), Minas Gerais (51.200) e Rio de Janeiro (37.348).

Sobre o perfil dos solicitantes, a pesquisa apontou que 40,1% eram mulheres e 59,9% homens. A faixa etária que concentrava a maior proporção de requerentes era de 30 a 39 anos, com 33%. Em termos de escolaridade, 59,2% tinham ensino médio completo.

Em relação aos setores econômicos, os pedidos estiveram distribuídos entre serviços (43,2%), comércio (26,4%), indústria (14,7%), construção (9,7%) e agropecuária (4,8%).

As Superintendências Regionais do Trabalho reforçaram as ações para garantir o atendimento não presencial aos cidadãos durante o período da pandemia da covid-19. Foram disponibilizados canais adicionais de atendimento remoto.

Para dúvidas e esclarecimentos, o empregado pode acionar as superintendências por meio de formulário online ou ainda pelos telefones disponíveis na internet.

Balanço anual

O levantamento da Secretaria do Trabalho informou também que no acumulado de janeiro até agosto de 2020, foram contabilizados 4.985.057 pedidos de seguro-desemprego. O número representa um aumento de 7,5% em comparação com o mesmo período de 2019 (4.635.454).

Do total de requerimentos em 2020, 55,6% (2.771.584) foram realizados pela internet, seja por meio do portal gov.br, seja pela Carteira de Trabalho Digital. No mesmo período de 2019, apenas 1,6% dos pedidos (73.661) foram realizados via internet.

 

VOLTAR